terça-feira, janeiro 10, 2012

Boa Noite


Você nunca sabe aonde a próxima estrada vai dar... Se naquela curva há o paraíso, o ódio engarrafado ou as velhas vozes na sua cabeça. Eu lhe contei, e não faz muito tempo, que precisava de raiva para viver, e que estar ao meu lado era tal como gravitar ao redor de asteróides prontos para agirem sobre uma força maior. 

E você fez que não era nada sério, que tudo talvez fosse mais um jogo ou invenção. Talvez você nunca tenha percebido a forma que me irrita quando o assunto é tentar me decifrar, traçar o meu futuro em seus dedos e me julgar. Eu lhe contei também que o meu mundo é algo vazio aos demais, que para mim não importa esta aqui ou logo ali, e que poucas pessoas adentrariam neste espaço. E me fiz soar egoísta, frágil e outra vez infantil. 

Mas você nunca entenderá as minhas razões de ser, e se isto lhe causa tantos impactos eu não mais criarei ilusões para lhe convencer do contrário, pois, se para você eu sempre serei um fraco, é porque de fato você nunca foi tão importante para mim ao ponto de valer uma explicação mais justa de minha parte. Há pessoas que mentem a vida toda acerca de quem são... Ganham prêmios, conquistam fama e enganam pessoas. Mas, entretanto passam metade do seu tempo se convencendo desta farsa, e jamais se importam com o essencial. Você e eu devemos conhecer muitas pessoas assim, não é mesmo? 

Então, esqueça quem eu sou por um momento e contemple a aura das coisas ao redor, ou melhor, sinta a força que vêm de dentro, que vibra ao som das moléculas de ar e água... Silencio obscuro. 

Talvez eu seja tudo aquilo que você diz: A ovelha negra ou o fracassado sucesso inreal. Mas, em uma coisa eu estou certo: A de que suas crenças lhe fecharam em um caixão maior, repleto de conclusões precipitadas, obvias e obsoletas... Cegas e sem tato algum. Por isso, boa noite.

*You and your friend/Dire Staits

P.s: Hoje eu  também estou no Gurias Arretadas falando sobre  uma  Aventura de ano novo, passem lá!

6 comentários:

Rebeca Postigo disse...

Perfect!!!
Simplesmente, adorei!!!

Bjs!!! ^^

Ricardo Miñana disse...

Hola Allyne, bello espacio el tuyo,
feliz semana.
un abrazo.

Suzi disse...

E será que alguém pode mesmo nos entender...?

estou te seguindo^^

Ana Seerig disse...

Ótimo!
É difícil nos despir de como as pessoas nos veem, do nosso dia a dia e ver realmente quem somos. É difícil pra nós, que dirá pros outros.

Erica Ferro disse...

Já disse que seus escritos são pura intensidade, não é?
Pois são!
"Sinta a força que vem de dentro, que vibra ao som das moléculas de ar e água."

Tu é uma linda, Allyne!

Jade Amorim disse...

Ah, adorei o post. Realmente tem gente que não nos compreende e por isso nos julgam fracos e dramáticos. Bom, para eles, boa noite. Rs

Beijos.